Importância das rotinas na educação

IMG_5930

Educar uma criança é permitir que explore o mundo, com valores e limites que lhe permitam integrar experiências de forma positiva. Falar em educação é também falar em rotinas, que são a base para o equilíbrio interno da criança.

É na família que surgem as primeiras rotinas, devendo estas ser rítmicas e consistentes. Desde o nascimento que o bebé começa a dar sinais para a satisfação das necessidades primárias, sendo neste processo (ação-reação) que se inicia o a integração de rotinas básicas. Ao longo dos meses, os pais vão conhecendo o ritmo do filho e gradualmente vão introduzindo ritmos de vida que, por sua vez, vão caracterizar a dinâmica familiar.

A  sequência de acontecimentos diários ajuda a criança a conhecer o mundo que a rodeia, tornando-o cada vez mais previsível e seguro. Ao participar nas sequências da rotina diária, a criança associa cada uma das suas partes e compreende horários, desenvolvendo mecanismos de autorregulação que a ajudam a desenvolver a autonomia.

As rotinas quando consistentes promovem o desenvolvimento físico, cognitivo, emocional e social da criança. São também excelentes aliados na prevenção de distúrbios e  comportamentos desajustados.

Nesta perspetiva definir, desde cedo, horários adequados de alimentação, higiene e sono, ensinam a criança a reconhecer e respeitar os seus ritmos biológicos. Estas por sua vezes, permitem maior adaptação e participação nas atividades diárias e o fortalecimento das relações familiares.

Dúvidas e partilhas →  amordeducacao@gmail.com

⇒ Segue-nos no facebook e Instagram @amor.d3ducacao

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo