Mãe, posso escolher a roupa?


IMG_0407

O desenvolvimento da criança traz consigo novos desafios para os pais. A autonomia é uma conquista necessária para que a criança se sinta competente e capacitada para fazer escolhas.

Enquanto pais ou educadores, devemos promover o desenvolvimento da autonomia e da independência, através de tarefas simples da rotina diária e acompanhar este processo. Numa primeira fase a criança emita o que vê e só depois começa a fazer tentativas Desde muito pequeninos podemos ensinar a criança a cuidar dos seus pertences, por exemplo, através da arrumação dos brinquedos. Também podemos apoiá-la ao nível da alimentação (uso adequado dos talheres), no vestir/despir/calçar, na higiene pessoal e incentivá-la a ajudar em tarefas diárias (fazer a cama, levar o lixo, pôr a mesa, arrumar as compras…).

Proteger a criança impedindo-a de desenvolver competências essenciais para a vida, é desresponsabilizá-la perante a própria vida!

A criança começa desde cedo a dar sinais desta necessidade. Deixem que vos diga, em algumas situações não levamos muito a sério a sua intenção ou determinação para fazer o que nós fazemos por elas e tão bem!

Confiar nos sinais que a criança nos dá e apoiá-la é determinante para o desenvolvimento da autonomia e de uma autoestima e autoconfiança positivas.

Nesta matéria, posso partilhar duas experiências diferentes. O meu filho sempre gostou que lhe fizéssemos as coisas e quando incentivado a fazê-las, tentava escapar-se. Na altura, filho único, super protegido e “multi assistido”. No entanto, à medida que foi crescendo incentivámo-lo a conquistar autonomia, dando-lhe condições para essa conquista. Já a minha filha, não sei se por ser o segundo filho e estarmos mais descontraídos, começou a querer fazer tudo sozinha muito cedo (pelo menos para mim!). Sempre demonstrou vontade em fazer as coisas, exibindo desejo de não depender de ninguém. A vontade de escolher a roupa foi um marco nesta área da autonomia. Confesso, que não recebi muito bem esta necessidade, pois gosto muito das “toilettes pipis” (acho que me entendem!), mas aos poucos ela foi aprendendo e desenvolvendo o seu gosto pessoal, combinando cores e estilos dentro do razoável.  Hoje, com sete anos, está uma expert na matéria. É com muito orgulho que tenho o melhor de dois mundos, desfrutando dos desafios e conquistas de ambos.

Sejamos pais conscientes e atentos para saber dizer SIM à conquista da autonomia, não apenas com palavras, mas com o olhar, com aprovação, com confiança, com presença e principalmente com o nosso amor incondicional.


amordeducacao@gmail.com

Acompanha as novidades no facebook e Instagram @amor.d3ducacao

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo