Preparar o ano letivo: Um desafio para pais e filhos

É chegado o mês em que muitos de nós começamos a preparar mais um ano letivo. Com mais ou menos filhos, esta é uma tarefa que exige planeamento e a implementação de estratégias que permitam rentabilizar meios e recursos.

Cá em casa existe uma prática centrada na partilha e reutilização de materiais, principalmente por questões ambientais. É óbvio que se poupamos podemos sempre beneficiar a criança com algo que quer ou precise, dando-lhe a perceber que tal só foi possível, porque estimou o material e portanto colaborou para a gestão do orçamento familiar. Responsabilizar os nossos filhos e implicá-los nas opções da vida é fundamental para a sua formação.

Com este post,  pretendo partilhar algumas dicas que podem ajudar na preparação de mais um ano letivo. Aqui estão elas:

Aquisição dos manuais escolares (pesquisar se existem apoios ao nível das câmaras ou juntas de freguesia da área de residência). No concelho de Lisboa os manuais escolares serão gratuitos até ao 3º ciclo, para alunos que frequentem o ensino público;

Descontos em manuais escolares: os alunos que frequentam o ensino privado não estão abrangidos pelos apoios estatais. Nestes casos é possível aproveitar descontos com a compra antecipada ou optar por plataformas de troca de manuais;

→ Seleccionar o material do ano anterior: limpar, afiar, forrar, enfim… reciclar o que for possível. Existem formas originais para reciclar e as crianças adoram estas tarefas!

Fazer uma lista verificar o que é mesmo necessário. mesmo não dispondo da lista de material da escola, pode preparar os básicos (mochila, estojo, lápis, afia, borracha, esferográfica, lápis de cor, canetas de feltro, régua e tesoura);

Investir em compras partilhadas (família ou amigos), em armazém ou grande superfície. É uma boa opção pois existem promoções ou packs familiares que ajudam imenso na hora das contas;

etiquetar o material é fundamental para que a criança não o perca ou o encontre mais facilmente. É frequente a partilha ou troca de material entre crianças;

Evitar a escolha de material sofisticado ou com muita “bonecada”, por norma é algo sugerido pelos professores, para evitar desaparecimentos ou distracções nas aulas. Os fabricantes têm vindo a lançar inovações que, na prática, em nada beneficiam a aprendizagem. Queremos que os nossos filhos aprendam ou que brinquem na sala de aula?

Preparar o espaço para estudo e envolver a criança na arrumação e decoração;

Voltar à rotina gradualmente (principalmente nos horários de deitar e acordar), para que o regresso às aulas e ao trabalho se dê com a maior tranquilidade possível. Respeitar o ritmo e a necessidade de cada criança é meio caminho andado para que tudo corra sobre rodas.

Bom regresso às aulas!

Em que podemos ajudar? amordeducacao@gmail.com

Estamos no facebook e Instagram @amor.d3ducacao

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Amor d‘3ducação. Orgulhosamente criado com Wix.com